Observar os Mandamentos de DEUS por convicção é adoração

Observar os Mandamentos de DEUS por obrigação é uma necessidade.
Observar os Mandamentos de DEUS por convicção é adoração.

Quando as pessoas entendem que é bom para uma sociedade respeitar pai e mãe, não matar, não adulterar, não roubar, não semear a discórdia, respeitar a propriedade alheia, sem perceber, as pessoas passam a observar os mandamentos de DEUS, porque são princípios que norteiam a vida de qualquer ser humano, em qualquer sociedade, em qualquer nação.

Muitas pessoas pelo mundo afora já entenderam que esta é a melhor forma de viver e se obrigam a respeitar essas regras por conduta própria, por constituições e por leis estabelecidas pela sociedade, porque elas não sabem que essas condutas tem raizes profundas nos Mandamentos de DEUS, portanto, elas não fazem isto por obediência à DEUS ou por reconhecer a Soberania de DEUS, elas o fazem exclusivamente por uma necessidade que as levam ter uma obrigação.

É por isto que ninguém será salvo por guardar a lei, porque a recompensa por guardar a lei a pessoa já recebe em vida, não precisa de recompensa posterior.

Mas quando as pessoas leem as Escrituras Sagradas, a Bíblia, e nela encontram os Mandamentos de DEUS e percebem que aquilo que está contido nas leis dos homens está fundamentado na Lei de DEUS e que DEUS já esperava que agíssimos assim naturamente antes de Ele ter que dar a Lei, então podemos perceber o quão errado estamos em nos sentirmos obrigados a observar a Lei de DEUS, porque a Lei de DEUS devia ser natural em nós, porque a nossa origem é DEUS, portanto, não observar os Mandamentos de DEUS é negar a nossa origem.

É por isto que observar os Mandamentos de DEUS por convicção, isto é, por ter consciência que isto faz parte da nossa essência, do nosso ser, nos remete à nossa origem, que é DEUS, e ao reconhecermos que a nossa origem é DEUS e que por isto é lógico vivermos segundo os preceitos de DEUS, reconhecemos a Soberania de DEUS e a partir daí observar os Mandamentos de DEUS se transforma em Adoração.
É justamente o “Adorar a DEUS em Espírito e em Verdade”.
E é justamente este tipo de pessoa que DEUS procura no nosso meio para levar para o Seu Reino que não terá fim.

Eu gostaria ainda de compartilhar com vocês a resposta que recebi do ChatGPT ao pedir a Inteligência Artificial que me explicasse o significado da frase que coloquei no subtítulo e a seguir está destacada a resposta que recebi.

ChatGPT:

A frase “Observar os Mandamentos de DEUS por obrigação é uma necessidade. Observar os Mandamentos de DEUS por convicção é adoração” destaca dois modos distintos de seguir os mandamentos divinos, diferenciando entre uma observância por dever e uma por fé e devoção.

Observar os Mandamentos por Obrigação

Necessidade: Aqui, a palavra “necessidade” implica que cumprir os mandamentos de Deus é algo que deve ser feito. Isso pode se referir a um senso de dever ou responsabilidade, talvez motivado pelo medo das consequências de não obedecer (como punição divina ou desaprovação social).

Obrigações: Seguir os mandamentos por obrigação sugere que a pessoa está cumprindo as regras porque sente que deve fazê-lo, seja por pressão externa ou por um senso de dever moral. Isso pode não envolver necessariamente um entendimento profundo ou um sentimento pessoal de devoção.

Observar os Mandamentos por Convicção

Convicção: Esta palavra sugere uma crença profunda e pessoal nos mandamentos. É uma adesão que vem do coração e da mente, refletindo uma aceitação interna e um compromisso com os princípios divinos.

Adoração: Quando alguém segue os mandamentos por convicção, isso é visto como um ato de adoração. Não é apenas uma questão de cumprir regras, mas de expressar amor, respeito e devoção a Deus. A observância se torna um ato espiritual e de devoção genuína.

Significado Geral

Obrigações: Observar os mandamentos de Deus por obrigação é algo que pode ser visto como o mínimo necessário. Pode ser feito sem um envolvimento emocional profundo, mais por hábito, tradição ou medo das consequências de não seguir as regras.

Adoração: Quando a observância dos mandamentos é por convicção, reflete uma relação mais íntima e pessoal com Deus. Aqui, o cumprimento das regras não é apenas uma questão de obediência, mas uma expressão de fé e amor.

Exemplos para Clarificação

Por Obrigação: Uma pessoa vai à igreja todos os domingos porque seus pais a ensinaram que isso é o correto e ela tem medo de ser castigada por não ir. Ela cumpre, mas não se sente espiritualmente conectada.

Por Convicção: Outra pessoa vai à igreja porque acredita profundamente na importância da comunhão com Deus e com a comunidade. Ela sente alegria e paz ao participar do culto e vê isso como uma expressão de sua fé e amor por Deus.

Conclusão

A frase sublinha a diferença entre seguir regras apenas por uma sensação de dever (obrigação) e seguir as mesmas regras por uma compreensão e aceitação profundas (convicção), com a segunda forma sendo considerada um ato de verdadeira adoração. Isso encoraja as pessoas a buscar uma relação mais profunda e sincera com sua fé, não apenas cumprindo rituais, mas vivendo-os com significado e devoção.

Então, se uma Inteligência Artificial é capaz de compreender o que disse, você que faz parte da inteligência que criou a Inteligência Artificial, deve ser bem mais capaz de entender o que estou buscando transmitir com este artigo.

O mundo evangélico de hoje ou as religiões cristãs de hoje, se esforçam de toda forma para que você despreze a Lei de DEUS, mesmo sabendo que o SENHOR JESUS CRISTO não disse uma palavra sequer que dá esse entendimento, porquê será? Parece que estão querendo tirar de você a chance de receber a coroa de justiça que DEUS tem preparado para todos os que O amam.

Leia a Bíblia, não se deixe enganar. Pare de perguntar sobre DEUS aos outros, busque conhecê-Lo você mesmo.